YAKUZA FIRST FLOOR, A SURPREENDENTE ‘MÁFIA’ DO SUSHI DE FUSÃO EM LISBOA

YAKUZA FIRST FLOOR, A SURPREENDENTE ‘MÁFIA’ DO SUSHI DE FUSÃO EM LISBOA

Nesse restaurante de comida japonesa de fusão a única coisa que é verdadeiramente um crime, no melhor dos sentidos, são os pratos. Conheça o Yakuza First Floor, um dos sítios mais surpreendentes do género na capital

 

Esqueça tudo o que já viu acerca de sushi até hoje. Prepare-se para um espetáculo fascinante da culinária japonesa, repleto de cores, cheiros e sabores.

Está a entrar no Yakuza First Floor, um dos restaurantes do clã de Oliver, o famoso restaurateur português.

Abriu em 2015, no Príncipe Real, quase já a chegar ao largo do Rato, e desde então tem feito os amantes do (bom) sushi salivar. Instalado no imóvel onde funcionava a antiga Real Fábrica das Sedas, o Yakuza First Floor é uma ode ao sushi de fusão, e não só.

O AMBIENTE

O espaço de decoração oriental é inspirado na máfia japonesa.

Ao chegar ao restaurante, sobe-se umas escadas em madeira que leva o cliente de facto a um primeiro andar, onde o mesmo depara-se com uma misteriosa porta de madeira com uma portinhola ao nível dos olhos, onde se dá início ao espetáculo. Um membro do staff abre, então, meio que desconfiado por receber um “intruso” naquele sítio e, partir daí, é tudo um convite a uma experiência memorável.

As várias salas do espaço são decoradas com uma mobília de bom gosto extremo e que beira ao “exagero”, entretanto, criando ambientes requintados e distintos.

Mesas mais pequenas e outras maiores, com cadeiras e sofás mais confortáveis que dão para grupos, além de uma zona com um imponente sushi bar com balcão compõem o Yakuza. Não passa despercebida a colorida ilustração de traço oriental, quase que um graffiti, colocada na cobertura do teto.

De faca na mão, o sushiman esbanja habilidade a cortar o peixe. É Alex Hatano, que outrora trabalhou com o chef Agnaldo Ferreira, que já tinha sido responsável pela abertura do primeiro Yakuza, na região da Avenida Liberdade.

A CARTA

Desde uma refeição mais intimistas a um jantar demorado no balcão, com vista para o jardim oriental ou no meio da vegetação de inspiração nipónica, tudo gira em torno dos peixes variados, dos frutos do mar e dos ingredientes mais frescos do dia.

A carta é extensa e divide o sushi e o sashimi entre “tradicional” e “new style”, sem falar nos temakis, nigiris, makizushis, gunkans, tempuras… são tantos os nomes e as combinações possíveis na ementa do Yakuza First Floor que pode ser difícil escolher o que pedir.

Na dúvida, experimente de tudo um pouco. A nossa sugestão é deixar as escolhas nas mão dos chef. E sentar-se ao balcão, de preferência. Agora relaxe e peça um dos cocktails espetaculares do bar. Mas não descure do espetáculo que está prestes a iniciar-se diante dos seu olhos.

Muitas das criação são exóticas e irrepreensíveis, caso do gunkan com salmão, ovas de sardinha e ovo de codorniz, ou o gunkan especial que leva wagyu, a famosa raça bovina de origem japonesa, cujos finíssimos veios de gordura tornam a carne muito saborosa. Deliciosos!

A trufa é omnipresente na carta de sushis, seja in natura ou nos óleos para aromatizar, uma combinação tão improvável quanto surpreendente.

As peças feitas ao momento chegam em pratos impecáveis, bem decorados, inclusive com flores comestíveis, que completam o espetáculo preparado pelo chef Alex e sua equipa. Os peixes, cortados na perfeição e com um frescor que salta à vista são apenas um detalhe do show.

Para finalizar ou iniciar uma doce noitada, as sobremesas são um capítulo à parte, embora mais curto. Sim, curto no sentido das opções serem “mais reduzidas” na carta. A mousse de kit kat e o petit gateau com pistácios são must eat – de comer e chorar por mais.


O SERVIÇO

Staff simpático, atencioso e atento para que nenhum detalhe escape. O serviço é competente, sabe explicar cada prato, aconselhar os clientes e servir com rapidez assinalável.

Aos fins de semana, há sempre DJ a tocar lounge music. Há serviço de take away e nos dias de semana, os menus de almoços custam 18 €.

E se existisse um restaurante do género em Lisboa com estrela Michelin, teriam alguma dúvida de que o Yakuza seria um fortíssimo candidato? Nós não.

Yakuza First Floor | Rua da Escola Politécnica, 231, Lisboa
Telefone: +351 934 000 913
Horário: De terça a domingo, das 12h30 às 15h e das 19h à 00h.
Preço Médio: 50 €
Reservas são recomendadas.

No Comments

Post A Comment