PASSE 2 OU MAIS NOITES NA REGIÃO DO MÉDIO TEJO E GANHE EXPERIÊNCIAS

PASSE 2 OU MAIS NOITES NA REGIÃO DO MÉDIO TEJO E GANHE EXPERIÊNCIAS

Iniciativa visa potenciar o aumento das estadas médias através do incentivo e ‘prémio’ de reservas iguais ou superiores a duas noites na região do Médio Tejo

 

Não há lugar comum nessa campanha, que é um convite a descobrir a região do médio Tejo. A “StayOver Fátima-Tomar” é uma ação promocional realizada pela CIMT (Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo) e os municípios em parceria com unidades de alojamento, empresas de animação, restaurantes e demais agentes turísticos e comerciais do Médio Tejo – em torno de 100 parceiros no total – para promover a região enquanto destino turístico integrado, vocacionado para a realização de férias, retiros ou estadas mais prolongadas dirigidas a diferentes segmentos, e demonstrar o potencial do território para motivações combinadas de lazer, recreio ou espiritualidade, capaz de proporcionar experiências memoráveis.

Como funciona o programa? Através da plataforma StayOver, que é uma janela que mostra os parceiros que integram o programa, pode sempre consultar quais os alojamentos disponíveis num dos treze concelhos pertencentes à área do Médio Tejo, nomeadamente Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Sertã, Tomar, Torres Novas, Vila de Rei e Vila Nova da Barquinha. O site em si não tem caráter comercial. Assim, por meio da reserva direita de 2 ou mais noites nos alojamentos participantes da campanha, acumula pontos que podem ser imediatamente trocados por experiências locais, descontos em produtos e serviços específicos em diversos estabelecimentos, além de entradas gratuitas em espaços de cultura e lazer. Cada euro gasto equivale 18 pontos.

Pra já, a campanha StayOver Fátima-Tomar está orientada para o mercado nacional. Tem co-financiamento do Portugal 2020 para a promoção e divulgação e o programa estará ativo para reservas feitas até 15 de setembro, deste ano.

No Comments

Deixe uma resposta