CANTINA PERUANA E PISCO BAR DE DIEGO MUÑOZ TÊM NOVA MORADA EM LISBOA

CANTINA PERUANA E PISCO BAR DE DIEGO MUÑOZ TÊM NOVA MORADA EM LISBOA

A Cantina Peruana e o Pisco Bar de Diego Muñoz e José Avillez acabam de mudar-se do primeiro piso do Bairro do Avillez para a Rua de São Paulo, em Lisboa

 

O que era bom ficou ainda melhor: espaço maior, decoração nova e a boa comida de sempre. Do Bairro do Avillez para a Rua de São Paulo, a Cantina Peruana e o Pisco Bar de Diogo Muñoz têm agora uma nova morada, mesmo ao lado da Rua Rosa.

Já havíamos contado acerca da nossa saga gastronômica neste post aqui. E agora, mais uma novidade sobre a mudança da Cantina Peruana.

A decoração da nova Cantina Peruana este a cargo da arquitecta de interiores peruana Vanesa Vila, a partir de um conceito dos chefs José Avillez e Diego Muñoz e recria o ambiente informal das típicas cantinas de Lima

O sucesso da Cantina Peruana e do Pisco Bar Lisboa
levou-nos a mudar para um espaço mais amplo:
agora estamos na Rua de S. Paulo, 
onde recriamos o ambiente boémio das antigas cantinas de Lima, 
mas com um toque contemporâneo. 
Aqui partilhamos uma cozinha peruana diversificada, rica,
cheia de sabor e a nossa paixão pelo convívio, a qualquer hora do dia. 
– Diego Muñoz

Numa parceria com o Grupo José Avillez, a nova Cantina Peruana recria o ambiente informal e boémio das típicas cantinas de Lima. A carta continua a basear-se numa cozinha peruana contemporânea e convida a uma viagem pelas ruas de Lima, com as suas diferentes influências gastronómicas – andina, espanhola, africana, japonesa ou chinesa. Tem a assinatura de Diego Muñoz e mantém muitos dos pratos originais, mas também há novidades. À mesa, mantém-se o conceito de partilha, com doses mais generosas.

Chefs José Avillez e Diego Muñoz na nova Cantina Peruana, na Rua de S. Paulo, em Lisboa​

Para José Avillez, a Cantina Peruana e o Pisco Bar Lisboa
entram agora numa nova fase: continuamos a servir o melhor da cozinha peruana,
acompanhada por cocktails incríveis, mas num espaço mais amplo
e que nos permite oferecer uma experiência ainda mais autêntica.

Vale lembrar que as parceira de José Avillez com chefs internacionais têm sido cada vez mais constantes, haja vista a mais recente delas, com o chef libanês Joe Barza, no Za’Atar.

Diego Muñoz dividiu a Carta da nova Cantina Peruana Crudos, BrasasFrituras,Wok e Dulces.

A carta da Cantina Peruana foi criada pelo chef Diego Muñoz, com a colaboração do chef José Avillez

Crudos refletem a forte ligação dos peruanos ao mar e incluem os tiraditos e os ceviches – os mais pedidos no restaurante. A nova carta inclui um tiradito novo, o Tiradito Nikkei (lâminas finas de atum, leite de tigre nikkei, rábano branco e sésamo).

Brasas remetem para os sabores e aromas dos grelhados preparados na rua, que unem os peruanos em torno do convívio e da comida – os anticuchos.

Frituras incluem os típicos fritos acompanhados com molhos. Aqui, a novidade são as Papas Anticucheras (batatas fritas com pele, em molho anticuchera, com maionese de ají rocoto, criolla, ovos e pistácio).

Wok reúne os pratos cozinhados no wok, que resultam da influência da comunidade chinesa no Peru. Para além do Aeropuerto e do Lomo saltado, dois sucessos da carta original, há pratos novos: Saltado de mar Chaufa de quinua.

Sorbet de Lima, uma das sobremesas da casa que leva sorvete de lima em calda de Pisco Mosto Verde 1615, com anis estrelado e gengibre

Finalmente, em Dulces mantém-se a Mousse de chocolate peruano  e fazem a sua estreia na carta as sobremesas Tres Leches de Lúcuma (pão-de-ló embebido em leite, leite condensado, leite evaporado, Pisco e licor de avelã, coberto com chantilly de lúcuma (fruta dos Andes) e polvilhado com cacau em pó), Merengado de Chirimoya (creme de leite, gomos de laranja embebidos em licor de laranja, sorvete de laranja e citronela, merengue de lima e espuma de anona), Papaya (papaia com leite de tigre de manga, lâminas de ají limo e rebentos de coentros) e Sorbet de Lima (sorvete de lima em calda de Pisco Mosto Verde 1615, com anis estrelado e gengibre). 

Os coloridos cocktails do Pisco Bar Lisboa, cuja carta se divide em “Los Sours”, “Los Chilcanos” e “Los Exploradores”

O Pisco Bar é um capítulo à parte. Já famoso pelos seus cocktails originais, frescos e coloridos, a carta inclui “Los Sours”, os mais tradicionais e famosos cocktails do Peru, “Los Chilcanos”, cocktails muito frescos, com pisco e gengibre, e “Los Exploradores”. No novo Pisco Bar, há três novidades: Chilcano Verano, Chilcano Amazonía e Pisco Calle San Pablo. Também se pode provar a famosa Chicha Morada – uma infusão de sumo de maçã, ananás e milho roxo, sem álcool, muito popular no Peru – para além de uma vasta seleção de cervejas, gin, rum, tequila ou whiskey.

Recomendamos fortemente uma visita! Must go.

CANTINA PERUANA E PISCO BAR LISBOA
Rua de S. Paulo, 32, 1200-428 Lisboa
Tel.: +351 215 842 002
Aberto todos os dias, das 12h30 às 15h00 e das 19h00 às 00h00

No Comments

Post A Comment