UMA EXPOSIÇÃO DE GRAVURAS DE NELSON MANDELA PELA PRIMEIRA VEZ EM PORTUGAL

UMA EXPOSIÇÃO DE GRAVURAS DE NELSON MANDELA PELA PRIMEIRA VEZ EM PORTUGAL

Évora Monte recebe a exposição ‘House of Mandela Art’, uma mostra de obras de arte de autoria do maior líder sul-africano

Essa é uma daquelas exposições emocionantes, únicas, que só pela biografia do autor, já compensaria uma visita. Apresentada pela Delta Cafés e com o apoio da Junta de Freguesia de Évora Monte, a fundação House of Mandela Art, por intermédio de Mitch Webber, sul-africano e proprietário do The Place at Evoramonte, promove a exposição de obras de Nelson Mandela House of Mandela Art, em Évora Monte, patente até 2 de Junho de 2019.

Inédita em Portugal, a exposição é constituída por duas séries de desenhos e pinturas – Série Luta e Série Ilha Robben – e foram dividas entre cinco espaços distintos da aldeia alentejana: Torre/Paço, no castelo, a galeria de arte Silveirinha, no primeiro piso dos antigos Paços do Concelho, a loja de artesanato Celeiro Comum, as instalações da empresa de animação turística e cultural Andar a Monte, e o alojamento local The Place at Evoramonte. Todos os sítios escolhidos para a exposição das obras ficam a poucos passos de distância entre si.

As 36 imagens expostas tratam-se de gravuras, algumas delas assinadas, da coleção da fundação House of Mandela Art. Representam os ideais daquele que foi o maior líder sul-africano de todos os tempos, Prêmio Nobel da Paz em 1993, e pai da moderna nação sul-africana, onde é normalmente referido como Madiba (nome do seu clã) ou “Tata” (“Pai”).

A Série Luta (Struggle Series) é constituída por cinco desenhos (carvão sobre papel) que sintetizam a história da sua vida: o Punho Cerrado, a Prisão, a Liberdade, a Unidade e a Mão – a sua mão estendida na direção da mão de uma criança, refletindo a sua crença nos mais jovens.

A Série Ilha Robben evocam o tempo que passou em Robben Island, aonde regressou para melhor capturar a sua essência, o que fez através do seu estilo singular, usando cores garridas, numa série de trabalhos intitulados a A celaA janelaA igrejaO farol O porto. Nelson Mandela escreveu, ainda, sobre a motivação subjacente a estas obras.

Concluídas estas séries, Mandela dedicou-se ao seu talento recém-descoberto e, em jeito de brincadeira, disse ao seu professor de artes – «Posso transmitir tanta coisa com estes simples desenhos à base de linhas. Por que é que escreveria outro livro, quando posso contar histórias nos meus desenhos?». Inspirando-se na Série Luta, Nelson Mandela viria a criar mais 46 obras originais.

As obras podem ser consultadas no website da fundação: https://houseofmandelaart.com. A exposição tem entrada livre.

No Comments

Post A Comment